Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2012

Feliz Era Nova

Trinta e um de Dezembro de dois mil e doze. Hordas de jovens reúnem-se tristes em um famoso parque para tomar chá e pensar no que farão daqui para frente. Há anos esperavam pelo fim. Crentes na chegada da Nova Era e no fim do calendário maia, esperaram o ano todo pelo fim do mundo, ou, ao menos – para os mais conformados -, do atual modo de ser do mundo. Dois mil e doze era um ano há muito esperado. O momento em que o mundo se transformaria, passando por uma revolução espiritual, ou uma ascensão dos bons de espírito, ou algo assim. Após bom tempo discutindo qual seria a dinâmica da reunião, as centenas de jovens reunidos fizeram uma dinâmica de abertura. Dez minutos de meditação, vinte minutos de yoga, dez minutos de silêncio. Pausa para o chá. Uma parte entoou Hare Krishna, Krishna Krishna, seguida por alguns ooooommmms e umas batidas em tambores indígenas. Então chegou o momento crucial da reunião: o que fazer agora que o mundo não havia acabado? A tristeza era geral. A angústia, total…